( ... items )

Bem-vindo(a) a Energiluz - Tudo em material elétrico, segurança, climatização, informática, engenharia

Domingo, 22 Out 2017

Você Sabia?

Você sabia que as árvores podem gerar eletricidade?

E-mail Imprimir
Você sabia que as árvores podem gerar eletricidade? Sim, árvores vivas, quietinhas lá na floresta, sem derrubada, sem carvão, sem queima e nem nada do tipo. Mesmo não sendo o equivalente a uma usina, cada árvore consegue gerar eletricidade bastante para alimentar pequenos sensores eletrônicos capazes de monitorar o clima e emitir alertas contra incêndios. Vale a pena ler a matéria para entender o mecanismo.

Ainda com ligações na área ambiental, temos uma nova tecnologia para a geração de toda uma família de combustíveis biológicos e um radar capaz de traçar um perfil vertical das nuvens com até 8 quilômetros de altitude, que chega prometendo melhorar muito as previsões locais do tempo.

E, não inteiramente desconectado do assunto, uma grande promessa para o futuro cada vez mais promissor dos veículos híbridos vem na forma de um novo tipo de motor a combustão projetado para produzir eletricidade. É uma espécie de alternador de alta eficiência e que queima o combustível melhor do que os motores tradicionais.

É uma invenção interessante porque virá reforçar um segmento - o dos veículos híbridos - que não é propriamente um novo paradigma tecnológico, mas é um elo de ligação entre a tecnologia de transportes atual e a futura, que não sabemos ainda exatamente como será porque o leque de possibilidades técnicas é muito grande e, com as forças econômicas em jogo, certamente não teremos um salto evolutivo que descarte as indústrias atuais. Além disso, nenhuma das soluções pesquisadas atualmente deverá estar pronta para uso em larga escala em menos do que 10 ou 15 anos.

Ou seja, mesmo quando não dá para fazer um strike, vamos derrubando um pino de cada vez.

Você sabia que dá para “arrancar” eletricidade até da lama?

E-mail Imprimir
A preocupação com o meio ambiente tem levado os especialistas a desenvolverem novas formas de se gerar energia. No inicio deste mês, pesquisadores do Rio Grande do Sul descobriram um método que obtém energia a partir da lama.

Por ano, mais de 1,5 milhão de metros cúbicos de areia é retirado do porto gaúcho. Os cientistas da UFRG (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) querem acabar com o desperdício de todo este lodo, que é, simplesmente, jogado fora.

De acordo com os pesquisadores, a lama possui altas concentrações de uma bactéria chamada de micróbio elétrico. Seu cardápio é constituído de algas, vegetais e restos de peixe. No término de cada refeição, ela libera um pequeno fluxo de elétrons (partículas carregadas negativamente).

Os estudiosos acreditam que é possível aproveitar este processo para a geração de energia. Eles irão propor a criação de uma usina em tamanho industrial, a qual será capaz de abastecer uma cidade com, aproximadamente, 500 mil habitantes. A questão econômica é uma das grandes vantagens do projeto, já que toda a matéria prima viria das obras de drenagem.

A cada dia que passa, novos métodos vem sendo apresentados. Vamos aguardar a viabilidade e boa vontade de nossos governantes para transformá-los em realidade.

Fonte: Nova Tecnológica

O que é choque elétrico?

E-mail Imprimir
O choque elétrico é a passagem de uma corrente elétrica através do corpo, utilizando-se o como um condutor.  Esta passagem de corrente pode não causar nenhuma conseqüência mais grave além de um susto, porém pode também causar queimaduras, fibrilação cardíaca ou até mesmo a morte.

Dicas para evitar o choque elétrico:

- Instalação do condutor terra;
- Instalação do DR’s – Dispositivo diferenciais residuais;
- Instalação de tomadas 2P + T (com dois pólos e mais o contato para o fio terra);
- Limpeza ou reparos em equipamentos elétricos devem ser realizados com os mesmo desligados;
- Equipamentos elétricos devem ficar longe da água;
- Nunca toque em equipamentos elétricos com a mão ou corpo úmido;
- Nunca mude a chave de temperatura do chuveiro elétrico com o corpo molhado e o chuveiro ligado;

Como reduzir o consumo de energia elétrica

E-mail Imprimir

Os aparelhos elétricos e eletrônicos estão entre os principais vilões do consumo doméstico de energia elétrica. Mas, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), é possível economizar energia e gastar menos na conta de luz no final do mês.

Para isso, o consumidor precisa acabar com os desperdícios. Por exemplo, na posição inverno, o chuveiro elétrico consome 30% a mais do que na posição verão. Outras dicas são evitar banhos demorados e desligar o chuveiro quando estiver se ensaboando.

A Aneel também alerta que o ferro elétrico pode se tornar um vilão no consumo de energia se não for usado adequadamente. Por exemplo, se ficar uma hora ligada diariamente, ele pode gastar cerca de 30 kWh na conta de luz no final do mês.